Há greves e greves

Mesmo estando em Cabo Verde, tento acompanhar tudo o que se passa em Portugal. Além da Internet, vejo também o noticiário da SIC.

Ao que parece a Caixa Geral de Depósitos esteve hoje em greve. Aliás um óptimo dia para fazer greve, não acha? Mas não é disso que pretendo falar. Nem sequer no transtorno que uma greve no maior banco português causa. De facto, quando se faz uma greve o objectivo é mesmo incomodar, senão para que se faz uma greve?

Esta greve, no maior Banco português, fez-me lembrar o Brasil. No passado verão visitei o Brasil. E fiquei apaixonado. O Brasil é imensamente lindo. Contudo, tem algumas coisas que nem dá para acreditar. Por exemplo, você acredita que, há 15 dias atrás, os maiores bancos Brasileiros estiveram em greve um mês seguido? Você imagina o transtorno causado? Você sabe que lá não existe o sistema Multibanco? Você imagina que perdi dois dias das minhas férias no Brasil, para fazer um simples levantamento, que em Cabo Verde demora 15 minutos? Você acredita que os brasileiros já estão conformados com isto?

Como vê um dia de greve na CGD não é assim tão mau...

1 comentário:

Anónimo disse...

Realmente, querido, aqui no Brasil existem greves e greves, em sua maioria muiiiito longas... Sou contra mas, até em minha área que é a educação tem e não tenho como lutar contra a massa favorável à ela!
Sim, por acaso cai aqui em seu blog por ser professora de Matemática, a qual você parece não ser tão familiarizado! Sinto muito não poder lhe ajudar a gostar mais dos conteúdos que aplico mas, espero que um dia você encontre um professor que ajude-o a mudar de opinião...
Abraços, Professora Juliana - Brasil.