Procuro sócio para negócio de futuro

Ando com uma ideia para montar um negócio. Inovador, revolucionário. A ideia é simples, mas brilhante. Apesar do segredo ser a alma do negócio, aqui vai : formar uma empresa que resolva tudo, isto é, uma empresa de prestação de serviços, que lhe proporcine uma espécie de secretária particular, assistente pessoal ou acessor da sua inteira confiança, que resolva tudo por si. Quando digo tudo é tudo mesmo. A ideia é muito forte, não acha? Acompanhe o raciocínio. Quem tem uma vida ocupada, sabe que o que custa mais é ter que perder muito do, pouco, tempo livre a resolver problemas do dia a dia. Consomem muito tempo e são uma chatice. Muito bem. Agora imagine, se tivesse uma secretária particular ou um acessor. Certamente, que essa pessoa resolveria esses assuntos por você. Ficava apenas com a missão de decidir, de escolher. O trabalho sujo alguém faria por você. Então porque é que não tem uma secretária particular? Pergunto eu. Ora, dir-me-à que isso é para os ricos e que não tem dinheiro para isso. E se não for tão caro assim? Eu insisto. Para quê ser você a fazer, se outros podem fazer por si. Ainda por cima, melhor. Imagine: quer viajar, mudar de casa, arranjar o carro, comprar um presente, fazer uma festa de aniversário, fazer uma operação, fazer o avio mensal, pintar a casa, deixar o animal nas férias, fazer um discurso, impressionar a mulher ou resolver algum assunto inesperado, telefona ao seu acessor particular, e ele faz por você. Basta um telefonema para o seu acessor e ele resolve, ainda por cima, com a garantia de confidencialidade, competência, rapidez e eficiência. Claro que você pagaria este serviço. Mas tempo é dinheiro. E você apenas estaria a pagar o seu tempo livre, mas com a vantagem de lhe evitar preocupações, estresses e assim, talvez, lhe poupar mais uns anos de vida. Sejam sinceros, quem é que não gostaria de ter a sua secretária particular?

4 comentários:

a predilecta disse...

pois.. a ideia até não é má , o problema é que vinda de alguém cujo desejo último é não fazer nada e ter também o seu ou seus assessores, trará alguns conflitos... como é que vai ser ?
Olha eu ja sou assessora de profissao, mas nao posso ser tua sócia.. errr.. por motivos.. profissionais!

Anónimo disse...

Como confiar algo a alguém que, pretendendo ser assessor, começa por não saber escrever a designação do que pretende ser?
Tirando esse pequeno grande detalhe a ideia é óptima!
João Santos

helio disse...

A designação seria algo similar ao do "concierge", tal profissional deve possuir perspicácia, bom nível, experiências múltiplas, ampla capacidade criativa e excelente trânsito em todos os níveis entre outros atributos, eu mesmo gostaria de utilizar os serviços de alguém com esse perfil para resolver questões diversas.

Rui Costa disse...

A ideia ainda está de pé ou já a deixou cair? Montamos uma empresa Online, com site proprio e contactos, dividmos o país a meio e vc faz a zona de Santarem para baixo e eu a de Santarem para cima.
Quanto estima que custará o centro de serviços (salarios, etc....?? e quanto cobraria ao cliente por mês?). tem um business plan do negócio?
E que tal criar uma rede de franchising com a ideia?
Cumprimentos

Rui Costa

ruicosta38@gmail.com