Exemplos educativos III

Durante o dia de hoje e o dia de amanhã estarei numa formação para professores. O tema do primeiro dia foi sobre a indisciplina na sala de aula. Como já referi muitas vezes neste blogue, a indisciplina por aqui, comparada com a que me deparei em Portugal, é praticamente inexistente, resumindo-se a comportamentos perturbadores próprios e naturais das crianças. Aliás, hoje constatei que os professores foram mais indisciplinados na formação do que os próprios alunos o são nas aulas. De facto, é impressionante como facilmente caímos em comportamentos que nós próprios criticamos e censuramos aos nossos alunos. Mesmo agora, e a título de exemplo, ao folhear o caderno que levei para a formação, reparei que, em vez de sínteses e comentários do que foi apresentado, tinha o caderno cheio de desenhos de borboletas, casas, animais, bolinhas e de riscos que nem eu sei explicar. Agora imagine-se o que é uma criança, cheia de vontade de brincar, saltar, correr, gritar, ter que suportar 5 aulas por dia, cada uma mais chata e menos interessante que a outra, numa sala de aula insuportavelmente quente e sobrelotada?!? Haja paciência.

Sem comentários: