Feira de vaidades

Ao que parece, tiveram ontem início as Feiras do Livro de Lisboa e Porto. Apesar da admitir a utilidade e interesse dessas feiras, confesso que a mim me dizem muito pouco ou nada. De facto, parece-me que a maior parte das pessoas que vão lá, vai apenas numa de marcar presença, para parecer bem ou para parecer que até gosta de ler e que é culto. Eu cá, pelo menos, admito que quando vou lá, vou apenas para ver as montras e as gajas. E se comprar um livro, ou dois, acreditem que não é por ser mais barato ou qualquer coisa do género, mas sim, para poder fazer figura, com o saco da Feira do Livro, nos transportes públicos.

Sem comentários: